Reposição Hormonal Masculina: o que é e como funciona

Hospital VITA
Postado por Hospital VITA - 02 de maio de 2012

Muitos homens ainda têm dúvidas sobre a reposição hormonal, assunto polêmico para alguns. Segundo a especialista em medicina do esporte Alana Cláudia Murillo Santos, a “terapia hormonal masculina” é indicada para tratar homens que possuem deficiência androgênica.

Ela explica que “a deficiência androgênica tem como definição a diminuição da produção do hormônio masculino (testosterona). Esta diminuição pode se manifestar com: diminuição do interesse sexual, alterações que dificultam a ereção, falta de concentração e capacidade intelectual, perda de pelos, ganho de peso à custa de gordura, diminuição de massa e força muscular, irritabilidade e insônia, entre outros. É importante enfatizar que nem todos esses sintomas devem ser relacionados à deficiência hormonal masculina. E, por isso, frente a sintomas semelhantes, o homem deve procurar avaliação clínica adequada e especializada”, afirma Alana.

A reposição é feita após avaliação clínica adequada e realização do diagnóstico da deficiência androgênica. A médica ressalta: “Ela pode ser feita por meio de injeções intra-musculares, gel ou adesivos cutâneos. As contraindicações absolutas para Terapia Hormonal Masculina são suspeita ou caso confirmado de câncer de próstata ou de mama masculina”.

Ela esclarece que a deficiência androgênica pode ocorrer em homens entre 50 e 60 anos, podendo chegar a 15 % e/ou 20% dos homens nesta faixa etária e até 50% dos homens com 80 anos. “Um estilo de vida saudável através de uma dieta equilibrada, atividade física regular, abandono do tabagismo, sono adequado e diminuição de fatores estressantes são algumas formas que podem retardar o aparecimento da deficiência de testosterona”, finaliza.

 

Fonte: Portal CTEA

COMENTÁRIOS: